sexta-feira, 11 de abril de 2014

4. Percurso do Batalhão

Nascido e criado
no RI 2, atingiu
a maioridade no
CIM Sta. Margarida

Recebeu o guião,
Despediu-se ...




... E partiu
do Cais da Rocha
a 8 de maio de 1969
a bordo do paquete Uíge







A 21 de maio chegou a Luanda e a 10 de junho desfilou ao som de aplausos que premiaram o seu garbo e aprumo, espressão viva do seu ideal firme de servir a PATRIA.





Aquartelado em J. C. no C. M. do Grafanil, teve como 1ª missão garantir a tranquilidade e segurança da população de Luanda

E indo além do que lhe era estritamente exigido, não poupou esforços para tornar as suas pobres instalações num ambiente limpo, belo e funcional, tapando buracos, ajardinando, pintando ampliando  e consntruindo uma Capela no seu característico estilo POP.

Entretanto, parte da C. C. S., na Zona dos Dembos, colaborava  na Operação ROBUSTA (junho - julho)  enquanto que a Companhia de Caçadores 2505, nas matas do DANGE, garantia a construção de estradas e punha todo o seu ardor a combater na Operação "GRANDE SALTO" (de junho a dezembro 69).


Na coutada do  Mucusso, (Cuando-Cubango), a Companhia de Caçadores 2506 melhorou  e construi aquartelamento, garantiu a segurança das Populações e combateu nas terras do 
"FIM DO MUNDO"
agosto de 69
a abril de 70











Nos Dembos (Dange) a Companhia de Caçadores 2504 garantiu a segurança da construção  do fortim da ponte sobre o rio e recuperou populações.

(janeiro 70 - abril 70)












Em maio de 70, com toda a Família reunida comemorou o seu 1º Aniversário Angolano, realizando cerimónias religiosas e militares, refeições festivas, atividades desportivas e um sarau recreativo transbordante de alegria POP.




De 24 de junho a 21 de julho a Companhia de Caçadores 2505 foi atuar na área de Namboangongo como Companhia de intervenção.





Todo o Batalhão como Unidade de intervenção da RAM realizou em agosto de 70, a Operação "ARRANCADA" na Zona do Rio Zenza com o apoio de uma B. Art.















EM FINS DE AGOSTO 70, O BATALHÃO PARTE PARA UMA NOVA MISSÃO NA  ZONA MILITAR LESTE

 Longa Coluna                                  Longa Viagem

Durante o mês de setembro, na Área de Camgumbe, realizou a Operação "ESCOVAR", onde combateu, patrulhou, reconstruiu pontões, abriu picadas, recolheu populações e reorganizou o quimbo do Caminhão.



A PARTIR DE OUTUBRO A C.C.S. E A COMPANHIA DE CAÇADORES 2504

 Escoltando MVL                              Abrem Itinerários

 Construíndo Instalações



Combatem
nas 
Chanas





A C- CAÇ. 2505 NO CANAGE, LUCUSSE E LUNGUE-BUNGO E A C.CAÇ. 2506 NO LUSO SACASSANGE, DÃO PROTEÇÃO AOS TRABALHOS DE ASFALTAGEM DE ESTRADA LUSO-GAGO COUTINHO








A 8 de maio, apesar de terminar o seu calendário dos dois anos continuou com o mesmo entusiasmo guerreiro e espírito de bem servir a cumprir a missão que lhe fora confiada, esperando pelo dia em vez de uma carta chegue um navio que o leve para a metrópole.


Todos partindo com plena consciência de ter cumprido com honra o seu dever para com a PÁTRIA  e a determinação de, como bons cidadãos contribuirem para um Portugal melhor.








3 comentários:

  1. Òptima ideia.!!Embora exista o livro do Batalhão,penso que muitos dos nossos camaradas ficarão contentes em ver o mesmo no Net.

    ResponderEliminar
  2. Se consultarem a Companhia, na parte superior do blogue, poderão ver o vosso nome publicado.

    Se houver alguma incorreção, ou ainda se desejaram a publicação dos nomes completos, agradecia que fosse comunicado, a fim ser feita a alteração para: fernando.as.santos47@gmail.com


    Um abraço amigo para todos os companheiros!
    Fernando Santos

    ResponderEliminar
  3. Parabéns pelo teu excelente trabalho. Sei que foi árduo, mas proveitoso. Abraço fraterno

    ResponderEliminar